Conecte-se conosco
PUBLICIDADE

Geral GritoMS

Aeronave com 12 mil litros de água vai sair de Campo Grande para combater incêndio no Pantanal

Publicado

em

Com mais de mil focos de incêndio no Pantanal, o combate às chamas ganha o reforço do Hércules C-130 da FAB (Força Aérea Brasileira), que já está na Base Aérea de Campo Grande. Abastecido com 12 mil litros de água em três reservatórios de 4 mil litros cada, a aeronave está pronta para decolar na segunda-feira (27.7). Ela irá operar a partir da Capital por conta do tamanho da pista.

De acordo com o comandante do Corpo de Bombeiros Militar, Coronel Joilson Alves do Amaral, o uso das aeronaves como o C-130 e os helicópteros da Aeronáutica e da Marinha permitem uma maior aproximação por terra dos bombeiros militares e brigadistas. “Além desse C-130, temos os dois helicópteros com cestas que coletam água e levam para a linha de fogo diminuindo a temperatura e permitindo a chegada dos combatentes”, explicou.

Ainda conforme ele, cerca de 50 militares do Corpo de Bombeiros trabalham na operação, com o apoio de oito veículos terrestres da corporação, além dos brigadistas do Ibama, Polícia Militar Ambiental e o apoio das três forças armadas. A maior dificuldade está no deslocamento até os focos porque os terrenos são acidentados, de difícil acesso.

Foram mobilizados para a Operação Pantanal II, bombeiros de Corumbá, Jardim, Aquidauana, Maracaju, Ponta Porã e Campo Grande, além de 18 brigadistas do Prevfogo, do Ibama. O Centro de Comando da Operação foi instalado em Ladário. 

Por conta do incêndio, o governador Reinaldo Azambuja decretou situação de emergência ambiental na área do Pantanal de Mato Grosso do Sul por 180 dias e suspendeu os efeitos das autorizações ambientais de queima controlada.

Três compartimentos foram cheios com 4 mil litros de água, cada

Paulo Fernandes, Subcom

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Facebook