Ajude o Nando a vencer o câncer: Jovem precisa de ajuda com alimentos e remédios

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Fernando Braz da Silva Pereira (28), conhecido como Nando é morador da Favela do Mandela, na região do segredo, em Campo Grande, diagnostico com câncer, ele precisa de alimentos, produtos de higiene e medicamentos.

A família fez uma publicação no Facebook, pedindo ajuda, desde então formou uma corrente de solidariedade que está percorrendo as redes sociais na busca de ajuda ao Campo-Grandense, na luta contra o câncer de próstata.

Em dezembro de 2019, ele foi diagnosticado com a doença e, desde então, sua família busca arrecadar recursos para o tratamento.

FAMÍLIA

A família é carente, tem em casa 4 crianças e três adultos, todos eles dependendo apenas da renda que vem da venda de salgados de R$ 1, feitos pela mãe do rapaz, dona Maria Aparecida Pereira (58).

“Quando ele completou 28 anos apareceu isso. Foi do nada, ele se levantou, reclamou de uma dor no testículo, e quando voltou do serviço, já estava inchado. Fomos ao UPA e descobrimos o câncer, desde então, estamos nessa luta. Ele trabalhava numa empresa e quando teve que operar, se afastou e até agora e está trancado no INSS”, disse a mãe que, com toda a situação também diz sofrer de depressão.

HISTÓRIA

A história de Fernando mudou bruscamente desde que descobriu a doença. A família conta que, em tratamento na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), ele chegou a ser isolado por suspeição de estar com Covid-19.

“Ele ficou 10 dias internado, depois voltou para casa, e desde então sua saúde só vem piorando. Aí levamos no Hospital Universitário e descobriram que ele estava com Meningite”, doença, que segundo os familiares ele teria contraído no UPA.

CÂNCER DE PRÓSTATA

O câncer de próstata, pode ser tratado com a quimioterapia, porém ainda não há cura para doença. Ela pode ser constatada, a pessoa tem sintomas que incluem dificuldade em urinar, mas, às vezes, não há sintomas, como foi o caso de Fernando. Para iniciar um tratamento de quimioterapia, o paciente precisa estar forte, e por isso a família pede ajuda para conseguir alimentos, produtos de higiene e medicamentos.

“Ele come frango e os produtos de higiene é porque ele não está andando, por isso precisa de fraldas, o que tem aumentado o gasto com esses produtos. Se ele ficar forte podemos iniciar o tratamento lá no Hospital do Câncer, onde já fazemos acompanhamento”, contou a irmã dele, Tatiane Martins (32).

TRATAMENTO

A irmã de Nando, Tatiane Martins mora com o irmão e com a mãe, além de seus quatro filhos pequenos, ela teve que deixar o emprego para ajudar a mãe a cuidar do irmão. Ela revelou ainda, que os medicamentos os quais Fernando precisa, estão em falta pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

“Estamos sem os remédios e, que são caros, um deles custa R$ 100, esse é o que ele não pode ficar sem”, disse.

Os medicamentos que Nando faz uso são: é Lamotrigina (estabilizador de humor usado na epilepsia e no transtorno bipolar); Neosemid (para conter inchaço); Bacofeno e Hemifumarato de Quetiapina, destes estão em falta os dois primeiros, segundo a irmã, eles são os mais caros para serem adquiridos.

A família além dos medicamentos precisa também de leite, frutas, produtos de higiene e limpeza. Caso alguém queira ajudá-lo, a família de Fernando reside na Rua Elmira Ferreira de Lima, Favela do Mandela. O contato de Tatiana Martins é 67 99174-9810.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Recentes no Site

Prefeitura de Campo Grande