Arthur Lira se pronuncia após prisão de Daniel Silveira

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), pronunciou-se após a prisão do deputado federal Daniel Silveira no início da madrugada desta quarta-feira (17).

Lira afirmou que  “a Câmara não deve refletir a vontade ou a posição de um indivíduo, mas do coletivo de seus colegiados, de suas instâncias e de sua vontade soberana, o Plenário”.

O presidente da Casa afirmou que irá conduzir o atual episódio com serenidade e consciência de suas responsabilidades para com a Instituição e a Democracia.

De acordo com a Constituição Federal Brasileira, desde a expedição do diploma, os membros do Congresso Nacional não poderão ser presos, salvo em flagrante de crime inafiançável, nem processados criminalmente sem prévia licença de sua Casa. Alexandre de Moraes, mais uma vez, rasga a Constituição e faz o que bem entende no Brasil.

Os  membros do Congresso Nacional têm imunidade parlamentar por suas opiniões, palavras e votos.

O deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ) informou em seu perfil oficial no Twitter, na noite desta terça-feira (16), que a Polícia Federal foi até a sua casa com ordem de prisão expedida pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal. A Câmara tem 24 horas para decidir se Daniel Silveira continuará preso ou não.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Recentes no Site

Prefeitura de Campo Grande