Conecte-se conosco
PUBLICIDADE

Saúde

Campo Grande chega aos 121 anos enfrentando maior desafio na saúde da história sendo exemplo para o País

Publicado

em

Nesta quarta-feira, 26 de agosto, a capital sul-mato-grossense completa 121 anos de emancipação política-administrativa, enfrentando uma das maiores epidemias da história, sendo exemplo para todo o País no combate ao Covid-19.

Campo Grande se mantém como a capital com mais de 500 mil habitantes com menor taxa de letalidade da doença do País, segundo o Dataglass.

Do total de infectados, 1,5% dos pacientes evoluem para quadros mais graves que resultam no óbito.

Apenas as cidades de Palmas-TO e Boa Vista-RO, possuem índice de letalidade inferior que Campo Grande,
sendo que sua população é três vezes menor que a da capital sul-mato-grossense.

Até o momento foram registrados 313 óbitos na cidade, sendo que sua maioria eram pacientes que
apresentavam doenças já pré-existentes e estavam internados nos hospitais do município devido
agravamento de seus quadros clínicos provocados pela Covid-19.

Conforme dados da Secretaria Municipal de Saúde (SESAU) divulgado na terça-feira, dia 25, o Município registrou 19.595 casos confirmados de Covid-19, sendo 18.426 recuperados.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Facebook