Conecte-se conosco
PUBLICIDADE

Geral GritoMS

Em prisão domiciliar, ex-secretário de saúde ganha liberdade da Justiça

Publicado

em

Renato Vidigal é médico e cumpria pena em casa, em virtude da pandemia do coronavírus

Uma decisão judicial colocou o médico e ex-secretário de Saúde de Dourados Vidigal Renato Oliveira Garcez Vidigal em liberdade definitiva, nesta quinta-feira (1). Ele foi preso em novembro do ano passado, mas, em virtude da pandemia estava desde março em prisão domiciliar.

O ex- secretário havia sido preso na Operação Purificação, deflagrada pela Polícia Federal, acusado de chefiar quadrilha de supostas fraudes superiores a R$ 2 milhões na Funsaud (Fundação de Serviços de Saúde de Dourados).

Vidigal estava em prisão domiciliar  por meio de  habeas corpus concedido pelo ministro Nefi Cordeiro  do STJ (Superior Tribunal de Justiça), considerando que “o requerente afirma ser portador de doença respiratória, o que lhe coloca em posição de vulnerabilidade ante a pandemia de coronavírus”.

Na época o ministro também havia considerado a tese da defesa, que segundo ele, “aponta que é médico concursado do município de Dourados/MS e atua em urgência e emergência, o que com mais razão impõe a substituição da prisão por cautelar diversa, que permita ao paciente trabalhar no intuito de atender a população no grave momento de pandemia”.

Fonte: Mídiamax

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Facebook