Conecte-se conosco
PUBLICIDADE

Geral GritoMS

Faltando 3 dias para as convenções, Capital tem 16 pré-candidatos a prefeito

Publicado

em

Faltando três dias para o início do prazo das convenções, Campo Grande tem por enquanto 16 pré-candidatos a prefeito, que terão que confirmar seus nomes durante estes eventos partidários, que podem ocorrer de 31 de agosto até 16 de setembro. Após esta definição, as legendas precisam registrar os nomes no TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de MS).

Antes das convenções, entre os nomes disponíveis está o prefeito Marquinhos Trad (PSD), que vai buscar a reeleição, assim como dos deputados estaduais Márcio Fernandes (MDB), João Henrique Catan (PL) e Pedro Kemp (PT). Ainda com mandatos, aparecem o vereador Vinícius Siqueira (PSL) e o deputado federal, Dagoberto Nogueira (PDT).

A lista segue com o ex-secretário estadual de Obras, Marcelo Miglioli (SD), o ex-diretor da Santa Casa, Esacheu Nascimento (PP), ex-diretor da Funtrab (Fundação de Trabalho), Wilton Acosta (Republicanos), o ex-vereador Marcelo Bluma (PV), Paulo Matos (PSC), Sérgio Harfouche (Avante) e Mário César (PC do B).

Entre novos nomes na disputa eleitoral estão os empresário Sérgio Murilo (Podemos) e Guto Scarpanti (Novo), além da psicóloga Cris Duarte (PSOL). Os partidos ainda esperam a definição do “cenário” da pandemia (coronavírus) em Campo Grande, para resolver se os eventos serão virtuais ou presenciais, com pequeno público.

Alianças – Em busca do seu segundo mandato na Capital, Marquinhos é até o momento o que o mais atrai possíveis partidos aliados na eleição. A direção municipal do PSDB já indicou o nome do vereador João Rocha (PSDB), para candidato a vice-prefeito, esperando agora uma definição do PSD.

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) também anunciou que vai apoiar o atual prefeito, em um compromisso firmado desde 2018, quando Marquinhos esteve em seu palanque na disputa estadual.

Outras legendas podem “reforçar” este o bloco do prefeito, entre elas o Democratas, do ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, assim como PTB, PSB e Patriotas.  A Rede também estuda a possibilidade de estar ao lado de Marquinhos.

Calendário – Após as convenções, os partidos terão até o dia 26 de setembro para registrar os nomes dos candidatos a vereador e prefeito na Justiça Eleitoral. As eleições estão marcadas para ocorrer no dia 15 de novembro (1° turno) e se houver necessidade o segundo turno será em 29 de novembro.

FONTE: 24 Horas No Ar (24horasnoar.com.br)

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Facebook