Hospital de Campanha será acionado, diz diretora do HR

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Por conta do crescente número de infectados e óbitos por Covid-19 em Mato Grosso do Sul, a diretora-presidente do Hospital Regional (HRMS), Rosana Leite de Melo, afirmou que o Hospital de Campanha será acionado nos próximos dois dias e que a unidade está pronta para o enfrentamento.

Mato Grosso do Sul tem 4.274 casos confirmados e 39 óbitos pela doença. São sete vezes mais casos do que há 30 dias, quando eram 613. Com esses dados alarmantes, o acionamento do Hospital de Campanha deve acontecer nas próximas 48 horas.

Para a diretora-presidente do Hospital Regional, o aumento de casos é reflexo do relaxamento da quarentena pela população.  “Não queremos que isso aconteça, mas estamos preparados para esse cenário. Infelizmente, se a população não colaborar com o isolamento e começar a se prevenir em meio a essa pandemia, o quadro poderá ser ainda pior. Mas estamos prontos para esse enfrentamento”, disse.

“Nosso apelo é para a população: não saia de casa sem necessidade. Se sair, usem máscaras. Evitem aglomerações. Protejam-se e nos ajudem a manter o hospital com o menor número possível de casos, pois se acontecer de sobrecarregar o sistema de saúde, pode não haver vagas para você ou para seus familiares”, acrescentou Rosana. 

O secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, também reforçou a importância do isolamento social. “Os dados são alarmantes. Nós temos 4.274 casos confirmados no Estado, além de um significativo aumento nas internações. Mesmo ativo, queremos que o Hospital de Campanha seja um suporte que não queremos que seja utilizado, para isso o caminho é um só: a conscientização de todos em relação ao atual momento que estamos vivendo”. 

Referência no enfrentamento da Covid-19, o Hospital Regional de Mato Grosso do Sul vem se preparando desde fevereiro para a pandemia do novo coronavírus. Ele criou o gabinete de crise e também um Plano de Enfrentamento. Os protocolos médicos e o tratamento clínico para pacientes estão dando resultado, dentro e fora do HRMS e sendo copiados por vários hospitais particulares, inclusive de outros estados.

Mais de 2.000 trabalhadores da saúde no Estado receberam treinamento promovido pela Diretoria de Ensino, Pesquisa e Qualidade Institucional do HRMS para enfrentamento a Covid-19, auxiliando comunidades rurais, fronteiriças, ribeirinhas e indígenas em várias regiões de Mato Grosso do Sul.

Dentro do hospital, houve mudanças nos setores, reformas e materiais cedidos pelo Ministério da Saúde em parceria com a Secretaria de Estado de Saúde. Já do lado de fora, um Hospital de Campanha foi montado a fim de dar suporte estrutural para esse enfrentamento como retaguarda.

A Secretaria de Estado de Saúde e a Fundação de Saúde abriram contratação emergencial para a equipe, aumentando o quadro funcional de médicos, técnicos e enfermeiros, que estão na linha de frente contra a pandemia.

Equipamentos como respiradores artificiais foram reformados com o apoio de entidades e universidades. Outros, foram alugados pelo Ministério da Saúde e cedidos para o HRMS, que tem 125 respiradores artificiais para serem usados durante a crise.

As comunidades campo-grandenses e empresarial se solidarizaram com a causa e diariamente encaminham doações de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), matérias de limpeza e alimentos para o hospital. A última grande doação veio do Rotary Clube Campo Grande, de 300 Mascaras N95.

O Sindicato dos Trabalhadores em Seguridade Social de MS (Sintss-MS) colaborou com os funcionários e com o hospital com álcool em gel, relógios de parede, face-shield (proteção facial), laringoscópios, máscaras cirúrgicas e máscaras PFF1, acrílicos de proteção que foram instalados nos locais de atendimento ao público, TNT e enxaguante bocal. Até a dupla sertaneja Maria Cecília e Rodolfo, com o apoio do Sesc, fez uma significativa doação para o Hospital Regional, por meio da Live dos cantores.

Por: Rodrigo Ostemberg, COE-HRMS

Foto: Edemir Rodrigues

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Recentes no Site

Prefeitura de Campo Grande