Conecte-se conosco
PUBLICIDADE

Campo Grande

Jornalista Denilson Pinto morre aos 53 anos vítima da covid-19

Publicado

em

O jornalista Denilson Pinto, de 53 anos, morreu por complicações da covid-19 nesta segunda-feira, dia 29 de março, em Campo Grande. Ele é o terceiro profissional da imprensa de Campo Grande à perder a luta contra a doença.

O jornalista deu entrada no pronto socorro do Hospital El Kadri no dia 20 de março e três dias depois foi encaminhado para o CTI (Centro de Tratamento Intensivo). Seu quadro clínico era grave, mas estável.

Segundo o site Campo Grande News, ele permanecia intubado e, conforme boletim médico do último sábado (27), recebendo medicações na veia para não sentir dor ou desconforto, e manter a pressão arterial estável.

A equipe médica planejava retirar a ventilação mecânica e tentar reanimá-lo no domingo (28). Contudo, nesta segunda-feira (29) Denilson sofreu uma parada respiratória durante a extubação.

Com vasta experiência na reportagem e assessoria de imprensa, Denilson Pinto foi editor de jornais como o extinto Diário da Serra (1992/1993) e Correio do Estado (2001/2008).

Também assessorou a Associação Comercial e a Prefeitura Municipal de Campo Grande, campanha política e atuou em agências.

Luto na imprensa – Denilson Pinto é o terceiro profissional da imprensa de Campo Grande, vítima do novo coronavírus. No dia 30 de dezembro, sete dias depois de completar 64 anos de idade o jornalista Guilherme Villalba Zurutuza Filho se foi no 22º dia de internação. No dia 28 de fevereiro, o repórter fotográfico Valdenir Rezende, de 55 anos, também morreu após um mês de internação.

Fonte: Conteúdo MS

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook