Conecte-se conosco
PUBLICIDADE

Geral GritoMS

Justiça do Paraguai concede liberdade a Ronaldinho Gaúcho após 5 meses

Publicado

em

A Justiça do Paraguai concedeu liberdade nesta segunda-feira (24), ao ex-jogador de futebol Ronaldinho Gaúcho e seu irmão e empresário, Roberto de Assis Moreira.

O juiz Gustavo Amarilla aceitou uma “suspensão condicional” das acusações contra Gaúcho, concordando com solicitação apresentada pela procuradoria no início do mês. Roberto de Assis Moreira recebeu uma condenação de 2 anos em suspenso.

Os brasileiros estavam cumprindo prisão domiciliar, em um hotel em Assunção, com custódia policial permanente, enquanto aguardam uma decisão definitiva sobre o processo que respondem por terem entrado no Paraguai com documentos adulterados no início de março.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Facebook