Malafaia manda Maia “calar a boca” e o chama de “medíocre”

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Após ser atacado pelo presidente da Câmara dos Deputados, Jair Bolsonaro recebeu apoio na internet. E uma das pessoas a defender o presidente foi o pastor Silas Malafaia, que utilizou suas redes sociais para “colocar Rodrigo Maia em seu lugar” e chamá-lo de “medíocre”.

Neste sábado (9), Maia chamou Bolsonaro de covarde ao comentar uma notícia referente ao combate à Covid-19 no Brasil. A reportagem foi publicada pela revista Veja e aponta que Bolsonaro teria culpado o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, por uma perda de popularidade e também por um atraso na vacinação no país.

Malafaia, no entanto, mandou o presidente da Câmara “calar a boca” e disse que ele é um esquerdopata enrustido.

– RODRIGO MAIA, CALA A BOCA! Você não passa de um filhote da Globo, um esquerdopata enrustido. Você não tem moral para falar de Bolsonaro. A PANDEMIA É MUNDIAL! O máximo que você pode ser é um deputado federal que precisa do voto de outros para ser eleito. MEDÍOCRE – escreveu.

Em outra publicação, Malafaia ainda afirmou que o presidente não teve culpa porque o Supremo Tribunal Federal (STF) retirou o poder de Bolsonaro de enfrentar a pandemia e “entregou aos governadores e prefeitos”.

– RODRIGO MAIA! CALA BOCA 2! A sua política é baixa. [Para] Culpar Bolsonaro pelas mortes na pandemia, tem que ser muito inescrupuloso! O STF tirou o poder do presidente e entregou aos governadores e prefeitos. Você, como presidente da Câmara, se omitiu e não fez nada em relação a isso – apontou.

Fonte: Terra Brasil Notícias.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Recentes no Site

Prefeitura de Campo Grande