Marquinhos vai ao MP por vacinas da Janssen

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Prefeito da capital quer parte das vacinas que vão imunizar a fronteira, e alega “quebra de proporcionalidade”

O prefeito de Campo Grande entrou com um pedido no Ministério Público de Mato Grosso Do Sul alegando que a decisão do Governo do Estado de encaminhar um número expressivo de vacinas para a zona de fronteira, estaria violando o Princípio da proporcionalidade e razoabilidade.

A justificativa estaria no fato de que das 207.050 doses recebidas, 165.500 serão direcionadas a 13 municípios de fronteira, o que representam aproximadamente 80% da quantidade total das vacinas recebidas, e apenas 20% serão endereçadas aos outros 66 municípios, inclusive a capital.

O estudo que será conduzido na fronteira é sobre a efetividade com a vacina Jansen em um cenário de elevada prevalência da variante P1 do covid-19 é de alta relevância para o Programa Nacional de Imunizações, mas a prefeitura alega que o Estado deve considerar é a proporcionalidade da população dos municípios (em termos absolutos ou em relação aos grupos prioritários), “é essencial que os critérios sejam públicos e objetivos” destacasse no pedido.

Por fim nopedido a preitura destaca que não há motivo para que o  Município de Campo Grande quanto à ausência de critérios objetivos que levaram a sua exclusão como “localidade restrita para a vacinação em massa”, defendida pelo estudo científico. Uma vez que se fosse respeitada a proporcionalidade na distribuição das vacinas, pautadas em critérios demogra?ficos, epidemiológicos e sanita?rios, o Município de Campo Grande receberia quantidade suficiente de doses para vacinar todas as pessoas acima de 30 (trinta) anos de idade, com um número surpreendente de aproximadamente 75% da população vacinada e o melhor: a primeira Capital do país a ter o controle da doença, frente à expressiva imunização.

Fonte: https://www.jd1noticias.com

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Recentes no Site

Prefeitura de Campo Grande