Mato Grosso do Sul pode virar estudo e vacinar toda a população em 5 dias

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Três milhões de doses do imunizante deverão chegar ao Brasil na próxima semana; Conselho solicitou que todo o lote seja enviado para o Estado

Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de Mato Grosso do Sul (Cosems) enviou um ofício ao Ministério da Saúde solicitando as 3 milhões de doses da vacina Janssen para que o Estado se torne um estudo pioneiro mundialmente, vacinando toda uma unidade federativa. 

O lote com 3 milhões de doses do imunizante deverá chegar ao Brasil na próxima semana, quando estará perto do prazo de validade, que é 27 de junho. Desta forma, o país vai ter de 10 a 14 dias para distribuir e aplicar as vacinas.

O Cosems argumentou que Mato Grosso do Sul é um dos estados mais avançados na vacinação desde o início da campanha no país, e que tem capacidade de distribuir as doses aos 79 municípios em até 12 horas, como vem acontecendo.

“Temos uma ótima logística e um grande desempenho na aplicação das vacinas que é demostrada pelo percentual de 96,67 das vacinas recebidas aplicadas, o que nos qualifica para assumirmos o compromisso em receber, distribuir e aplicar essas vacinas em 5 dias”, defendeu o Conselho ao ministro da Saúde, Marcelo Queiroga.

A unidade ainda destaca o atual quadro epidemiológico da Covid-19 nos municípios, com aumento nos números de infectados, de óbitos e superlotação dos leitos de UTI.

Além disso, a fila de espera para leitos já atinge 231 pessoas, o que resultou na necessidade de transferência da população para outros estados.

Também foi citado que houve um aumento exponencial de casos confirmados de janeiro a maio deste ano, quando saltou de 125 mil casos para mais de 300 mil infecções pela Covid-19.

Segundo o boletim epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde (SES), são 1 702 novos casos por dia na última semana. Número bem menor que no início de maio, quando estava em 874.

“O Mato Grosso do Sul é um Estado pequeno, com baixa densidade demográfica, e que no momento possui uma taxa de infecção elevada para que o efeito da vacinação possa ser avaliado mais rapidamente, e possui condições de realizar a pesquisa”, ressaltou o Cosems.

O Estado possui população estimada em 2,809 milhões de habitantes, como divulgou a Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), em 2020.

Além disso, Mato Grosso do Sul atingiu a marca de 30% dos habitantes vacinados com a primeira dose contra a Covid-19 nesta quarta-feira (9).

Janssen

Foi firmado acordo com o laboratório Janssen para que o Brasil receba 38 milhões de doses da patente, com entregas previstas para 3º e 4º trimestre do ano. 

O imunizante precisa apenas de uma aplicação, diferente da maioria aplicadas atualmente, que exigem duas doses, como a AstraZeneca, Coronavac e Pfizer.

Ela possui 85% de eficácia para casos graves e oferece proteção completa contra hospitalização e morte pela Covid-19.

Fonte: https://correiodoestado.com.br/

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Recentes no Site

Prefeitura de Campo Grande