Conecte-se conosco
PUBLICIDADE

Geral GritoMS

Morre advogado que atirou contra si após tentar matar ex-mulher

Publicado

em

Ele chegou a ser socorrido, mas morreu 1 hora depois na Santa Casa

O advogado criminalista Erick Gustavo Rocha Teran, de 43 anos, morreu por volta das 12h30 desta segunda-feira (02), na Santa Casa de Campo Grande, após atirar contra a própria cabeça em um escritório localizado no centro da cidade. Antes, ele havia baleado a esposa, que sobreviveu e conseguiu pedir ajuda.


De acordo com a assessoria de imprensa do hospital, Erick deu entrada às 11h33, em estado grave, e faleceu cerca de 1 hora depois. Conforme noticiado mais cedo, a mulher que tem 36 anos e é acadêmica de Direito estava com Erick no escritório.


Houve desentendimento, oportunidade em que ele atirou contra ela, ferindo-a no braço, e em seguida disparou contra a própria cabeça. A mulher ficou ferida levemente e pediu ajuda em um comércio da região. Ela foi atendida pelo Corpo de Bombeiros e o advogado foi levado pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) para a Santa Casa, onde acabou morrendo.


Informações de testemunhas são de que o casal estava em processo de separação. Nesta manhã, eles teriam deixado os filhos com a avó e seguido até o escritório apenas para acertar os termos do divórcio. O advogado alugava umas da salas do prédio há 12 anos. O caso será investigado pela Deam (Delegacia de Atendimento à Mulher).

Homem foi socorrido pelo Samu
Homem foi socorrido pelo Samu

Fonte: MidiamaxPor:

Renan Nucci e Dayene Paz

Continue lendo
1 Comentário

1 Comentário

  1. Rosângela Rodrigues da Silva

    novembro 4, 2020 às 9:02 am

    É uma situação dificil. Após vivência conjugal, ambos acabam achando que são propriedades um do outro. Neste caso, a separaçao, torna- se conturbada. Infelizmente diante disso acontece esse tipo de coisa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Facebook