Conecte-se conosco
PUBLICIDADE

Geral GritoMS

Mulher é perseguida por correr a 115km/h e explica: ‘muita vontade de fazer cocô’

Publicado

em

Ela foi presa e ainda pediu para realizar a necessidade na viatura policial

Todo mundo já passou por situações constrangedoras envolvendo necessidades básicas, aliás quem nunca esteve longe de casa no momento em que surge a vontade de usar o banheiro para o famoso número dois. O jeito é subir no carro e acelerar para chegar logo em casa.

Uma mulher, nos Estado Unidos, levou isso a sério demais e correu a 115km/h nas ruas de Enid, em Oklahoma. Velocidade que fez com que Emily Sindt Owings, de 28 anos, fosse perseguida e abordada pela polícia local.

No momento da abordagem uma revelação inusitada, Emily Sindt revelou que estava com “muita vontade de fazer cocô”. Abordada pelos policiais, ela não tinha carteira de identidade e apresentou apenas um cartão para a retirada de maconha medicinal.

Em acesso ao sistema de controle, um dos policiais descobriu que a carteira de motorista de Emily havia sido revogada, de acordo com a emissora KARK, em publicação no jornal Extra.

“Por que vocês não me deixam ir?”, perguntou Emily.

“Porque a sua carteira está suspensa”, respondeu um agente.

“Eu não sabia. Se soubesse, não dirigiria mais”, explicou a americana.

Emily se desculpou pela velocidade e então soltou a ‘bomba’: “Por favor, posso ir para casa fazer cocô?”. O pedido foi negado pelos agentes, que prenderam a motoristas e ouviram a seguinte pergunta: “Posso fazer cocô no seu carro?”.

Segundo o jornal Extra, os policiais encontraram metanfetamina e material para consumo de droga no carro de Emily.

Fonte: Midiamax

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Facebook