Na “briga” pelo Setor de Eventos, Ninho mete a cara e consegue apoio do Senador Nelsinho Trad e 100% dos federais

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

O setor de Eventos amarga hoje um prejuízo de mais de 270 Bilhões e esta parado desde 20 de março de 2020, e sem previsão de retornar. Ninho sensibilizado e também fragilizado com a situação desabafa;

“Nem nos roteiros de filme imaginamos uma situação tão triste como estamos passando agora. Estamos a poucos dias de completar “um ano” sem qualquer movimentação de caixa, vendo tudo o que foi construído em anos de trabalho suado e muito investimento, tornar-se areia, que escorre entre os dedos e não da mais pra recuperar. Liquidando bens, tentando fazer empréstimos, tudo para não fechar as portas de vez”.

“O artista é mente criativa, é pensante, ele se adapta a tudo à todos, mas e quando não te dão nenhuma opção para poder usar essa criatividade? Nos primeiros meses nos adaptamos rápido, com o formato de “lives”, sendo em grande maioria beneficentes! Essas lives contavam com cotas de patrocínio e anunciantes, mas que de certa forma nos ajudava somente a custear somente o projeto em si! Logo esse formato foi saturando, aí chega o momento que você não tem mais como agir, e só resta esperar! Não somente uma cura, a vacina esta aí ainda de forma lenta mais está”.

Ninho então conseguiu sensibilizar que a bancada de deputados federais do Mato Grosso do Sul, todos os 08 deputados apoiassem o PERSE (Programa emergencial de retomada do setor de Eventos) e mais ainda, conseguiu que o Senador Nelsinnho Trad comprasse também esta briga e na ultima quinta-feira (25/02) usando a tribuna do Senado Federal para falar em nome da categoria. (Assista ao vídeo do Senador Nelsinho Trad abaixo da matéria).

Agora a pressão esta sobre o presidente da Câmara dos Deputados, deputado Arthur Lira, para colocar em votação a PL 5638. “Essa votação é urgente porque deste SIM, depende o FUTURO de mais de 3 milhões de trabalhadores, o FUTURO de 640 mil empresas e mais de 2 milhões de micro empresários, depende o FUTURO do setor de eventos no Brasil. POR FAVOR Excelentíssimo Presidente, paute o PERSE!” finalizou Ninho.

Foto: Divulgação/Arquivo pessoal

Fonte: Rede Agora

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Recentes no Site

Prefeitura de Campo Grande