Conecte-se conosco
PUBLICIDADE

Geral GritoMS

Fronteira fechada entre Brasil e Bolívia em MS gera prejuízo de R$ 1 milhão ao dia, dizem transportadoras

Publicado

em

Nesta segunda-feira, houve a liberação de 2 horas apenas para veículos sem carga.

O sindicato das empresas transportadoras de Corumbá e Ladário, região do Pantanal de Mato Grosso do Sul, calcula um prejuízo de R$ 1 milhão por dia com o fechamento da fronteira entre Brasil e Bolívia, bloqueada desde a semana passada.

Na manhã desta segunda-feira (13), apenas caminhões sem carga foram autorizados a cruzar a fronteira por 2 horas, após esse tempo, a fronteira foi fechada completamente mais uma vez.

Montes de terra foram colocados no dia 9 de julho, no único acesso da região entre os dois países. Os manifestantes pedem ao governo boliviano mais investimentos da Saúde Pública, a rede de Saúde na Bolívia está em colapso por conta da pandemia do novo coronavírus. É o segundo protesto na região em menos de 2 meses.

Centenas de caminhões formam uma fila de cerca de 6 km na linha internacional. O caminhoneiros estão recebendo apoio da população, principalmente com alimentação.

De acordo com os organizadores, o ato não tem data para terminar e enquanto estiver ocorrendo o transporte de cargas ficará suspenso. De acordo com o Receita Federal, 250 caminhões passam pela fronteira todos os dias. A Bolívia fechou a fronteira com o Brasil em março, e desde então, somente o transporte de cargas estava sendo permitido.

Fonte: G1 MS

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Facebook