Honda paralisa temporariamente fábrica de motos em Manaus

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

A fabricante de automóveis Honda anunciou nesta terça-feira (24) que irá suspender temporariamente a produção em sua fábrica em Manaus.

As atividades serão paralisadas a partir do dia 27 de março, devido à crise da pandemia do novo coronavírus (covid-19). De acordo com a Honda, as operações devem ser retomadas no dia 13 de abril, com possibilidade de prolongamento para o dia 20 de abril.

A multinacional japonesa dará férias coletivas aos funcionários envolvidos diretamente no processo produtivo, a partir do dia 30 de março. Entre os dias 27 e 30 deste mês, as jornadas serão compensadas por meio do banco de horas, como previsto na Medida Provisória (MP), editada pelo presidente da República Jair Bolsonaro no início da semana.

Para funcionários das áreas administrativas, alguns entrarão no regime de férias coletivas, enquanto outros terão trabalho remoto. As funções que não puderem ser exercidas à distância serão executadas comum efetivo mínimo de empregados. A Honda destaca que serão seguidas todas as normas de prevenção e segurança para evitar a disseminação do novo coronavírus.

No mesmo sentido, nesta segunda-feira, a fabricante de joias Vivara anunciou que irá suspender as atividades em sua fábrica em Manaus, a marca também opera no setor de e-commerce . Na região, todas as lojas físicas estão fechadas desde o último sábado (21).

Outras fabricantes que suspenderam suas operações

A Honda não foi única a paralisar suas operações no país, as principais fabricantes de automóveis instaladas no Brasil suspenderam a produção em suas fábricas devido ao novo coronavírus.

A fabricante Honda se junta ao grupo de companhias com: GM; Volkswagen; Volvo; Ford; Marcopolo; Scania; Mercedes-Benz; Toyota; Renault.

Saiba mais: Montadoras paralisam suas fábricas em razão do coronavírus

As montadoras estão paralisando a produção e concedendo férias coletivas aos funcionários. A medida tem como objetivo reduzir os riscos de contaminação e disseminação no local.

A fabricante japonesa já havia informado que concederia férias coletivas devido ao coronavírus. A Honda também suspenderá a produção nas fábricas instaladas em Sumaré e Itirapina, ambas no interior de São Paulo. A paralisação acontecerá durante os dias de 25 de março e 14 de abril, com a possibilidade de se estender até o dia 27 de abril.

Fonte: Suno Notícias

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Recentes no Site

Prefeitura de Campo Grande