Conecte-se conosco
PUBLICIDADE

Eleições 2020

Marquinhos vai criar iniciativas para potencializar o turismo cultural, de negócios e contemplação

Publicado

em

O Plano de Governo do prefeito Marquinhos Trad (PSD) para reeleição em Campo Grande tem ações voltadas para o fortalecimento do turismo. Os projetos incluem a realização de grandes eventos, reestruturação de corredores gastronômicos e ações para impulsionar o turismo cultural, de negócios e contemplação.

“Vamos realizar o mapeamento dos bairros, parques urbanos, áreas verdes do entorno da Capital e também das atividades da economia criativa nas sete regiões urbanas de Campo Grande. Com isso, vamos identificar as potencialidades de investimento. São inúmeras ações que vão favorecer as potencialidades turísticas e dar ainda mais visibilidade à nossa cidade”, destaca o prefeito.

Marquinhos vai investir em iniciativas para atrair grandes eventos nacionais e internacionais para a Capital e implementar estratégias para aumentar o tempo de permanência média do turista.

O Plano de Governo inclui a reestruturação dos Centros de Atendimento ao Turista (CATs), com adoção de soluções tecnológicas e reformulação das estratégias de acolhimento e capacitação do trade turístico local. A reestruturação vai melhorar a experiência do turista e fomentar o feedback nos sites e portais de avaliação. Também estão previstas a instituição de políticas de incentivo à solidificação dos segmentos de turismo rural, gastronômico, eventos e negócios, cultural e de aventura.

Entre as propostas, destacam-se ainda a reestruturação e regulamentação dos corredores gastronômicos e o incentivo à realização de ações nas escolas municipais para divulgação dos atrativos turísticos.

Nos últimos quatro anos, a gestão do prefeito Marquinhos Trad desenvolveu diversas ações para o setor, incluindo a instituição do Plano Municipal de Turismo, que passará por nova atualização.

Em 2017, foi lançado o Observatório de Cultura de Campo Grande, núcleo de inteligência da prefeitura que traz informações essenciais para aprimorar e desenvolver a Cultura e o Turismo da Capital, sendo uma importante ferramenta de gestão, tanto para o setor privado, quanto para o setor público. Por meio dele, é possível identificar o perfil do turista que visita a Capital, suas expectativas e o cenário turístico local. No âmbito cultural, promove o mapeamento dos agentes e os espaços, por exemplo.

Com o intuito de desenvolver o turismo rural e estruturar o setor em Campo Grande, em 2019, a Prefeitura passou a instalar placas indicativas. A primeira região contemplada foi o norte da cidade, chamada Rota dos Ipês, onde foram implantadas 13 placas.

Foi realizado o mapeamento das rotas após encontros com os empresários e detalhamento das propriedades, reconhecendo as principais e sabendo quais estavam ativas ou não. Agora, Marquinhos vai levar a sinalização indicativa para todas as saídas que concentram propriedades que atuam no turismo rural.

A atual gestão passou a oferecer, a partir de 2017, uma novidade para quem está em Campo Grande no período de férias, enquanto funciona a Cidade do Natal: com nova roupagem e luzes para o clima natalino, o City Tour passou a atender os visitantes da Cidade do Natal, para oferecer um passeio de graça pelos pontos turísticos da cidade.

Cada passeio tem cerca de 40 minutos e todos são orientados por guias de turismo.

Em 2018, Campo Grande recebeu a 13ª edição da maior feira de observação de aves da América Latina (Avistar). O evento movimentou a cidade em diversos aspectos, uma vez que trouxe para a Capital observadores de aves, profissionais do trade, ambientalistas, estudantes, pesquisadores entre outros.

O Município tem catalogado mais de 350 espécies diferentes de aves. Através de estudos com georreferenciamento, foram catalogados 30 pontos de observação nos últimos anos.

A gestão conseguiu, pela primeira vez, trazer o Rally dos Sertão para Campo Grande no ano de 2019. Além do aspecto cultural, a organização do evento trouxe para a cidade atendimentos sociais na área da saúde e outros. O evento recebeu pelo menos 20 mil pessoas de vários estados e países.

A cidade também recebeu, pela primeira vez, uma das edições da Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência – SBPC. A 71ª feira aconteceu em 2019 e reuniu mais de 20 mil pessoas.  A gestão ajudou a trazer para a cidade o Wildfire Brazil, que visa à preservação e uso sustentável do meio ambiente mundial, realizado pelo International Liaison Committee (comitê que envolve diversos países). O evento reuniu aproximadamente 2,5 mil pessoas e representantes de 42 países.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Facebook