Conecte-se conosco
PUBLICIDADE

Eleições 2020

Pesquisa do Itop também prevê vitória de Marquinhos no 1º turno com 52,25%

Publicado

em

Pesquisa do Itop, divulgado pelo TopMídiaNews nesta terça-feira (3), aponta vitória de Marquinhos Trad (PSD) no primeiro turno com 52,25% dos votos. O levantamento repete números semelhantes ao Datamax/Midiamax, que também apontou 52%. Cinco candidatos estão empatados em segundo lugar, com ligeira vantagem para o deputado estadual Pedro Kemp (PT), com 5,25%.

O primeiro levantamento do Itop foi realizado com 1,2 mil eleitores entre os dias 28 de outubro e 2 de novembro deste ano, com margem de erro de 2,9%. De acordo com o levantamento, o prefeito tem a reeleição assegurada, já que estaria com 67,2% dos votos válidos. A vitória estaria fora da margem de erro.

Promotor Harfouche (Avante) está com 4,75%, seguido pelo vereador Vinicius Siqueira (PSL) com 3,75%, Dagoberto (PDT) com 3,25% e delegada Sidnéia (Pode), com 3%. Os quatro estão empatados com o petista, considerando-se a margem de erro, já que ele estaria entre 2,35% e 8,15%.

Candidato a governador em 2018, o ex-vereador Marcelo Bluma (PV) tem 1,25%, enquanto o ex-secretário estadual de Infraestrutura, Marcelo Migioli (SD), 1%. O pelotão de 0,75% tem três candidatos: João Henrique (PL), Márcio Fernandes (MDB) e Paulo Matos (PSC). A menos de duas semanas das eleições, o emedebista não conseguiu pegar carona na popularidade do ex-governador André Puccinelli (MDB).

Pesquisa foi registrada no TRE com o número: MS-02259/2020.

Cris Duarte (PSOL) tem 0,5%, o dobro do percentual do ex-presidente da Santa Casa, Esacheu Nascimento (Progressistas), com 0,25%, que não se beneficiou de ter pedido a cassação da candidatura de Harfouche.

Thiago Assad (PCO) está com 0,25%, apesar de ter tido a candidatura indeferida pela Justiça Eleitoral. O lanterna no levantamento é o empresário Guto Scarpanti (Novo), com 0,08%. Cerca de 22% dos eleitores não sabem ou vão votar em branco ou nulo.

Na espontânea, Marquinhos lidera com 38,25%, conforme o Itop. Harfouche fica em segundo, com 4%, enquanto Kemp obtém 3%. Apesar de não serem candidatos, Puccinelli (0,83%), a deputada federal Rose Modesto, do PSDB (0,33%), Luiz Henrique Mandetta, do DEM (0,25%),  e Zeca do PT (0,25%) são citados na espontânea.

Pesquisa foi registrada no TRE com o número: MS-02259/2020.

No quesito rejeição, Kemp assumiu o posto após a divulgação do vídeo em que grita com a candidata a vereadora Karla Canêpa (PT). O petista é rejeitado por 14,5%, seguido por Dagoberto, com 12%, e Marquinhos, com 10,75%.

Pesquisa foi registrada no TRE com o número: MS-02259/2020.

A sondagem mostra uma eleição tranquila para Marquinhos. Nenhum instituto de pesquisa apontou resultado diferente até o momento, com exceção da vantagem do prefeito, que oscila de um para outro.

Somente com a divulgação das pesquisas vamos poder checar para ver quem acertou de fato e superar a ladainha de mentiras repetidas por uns de que sempre acertam o resultado da eleição

E para quem gosta de detonar resultado desfavorável ao seu candidato, pesquisa não decide eleição. A decisão final é do eleitor quando deposita o voto na urna.

Fonte: Ojacaré

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Facebook