Conecte-se conosco
PUBLICIDADE

Geral GritoMS

Prefeitura não vai multar quem estiver sem máscara dentro do carro

Publicado

em

Obrigatoriedade começou a valer hoje em Campo Grande e vale só para quem dividir o carro com pessoas que não vivem na mesma casa

Motoristas acompanhados são obrigados a usar máscaras em Campo Grande


A partir de hoje (19), o uso obrigatório de máscaras vale também para quem estiver dentro dos veículos em Campo Grande, mas ninguém será multado caso desrespeite a regra. Como ao município não compete multa relativa ao trânsito, a única forma de cobrar o uso por enquanto é com campanha de conscientização.

Uma resolução será publicada detalhando quais órgãos ficarão responsáveis pela fiscalização e penalidades, só então serão definidas as sanções de ordem administrativa, mas com base no código sanitário municipal.

A obrigatoriedade vale para os momentos em que os motoristas estiverem acompanhados por pessoas que não moram na mesma casa. Sozinho no veículo ou com a família, a máscara é facultativa.

Líria da Luz está entre as motoristas que aprovam a nova regra até porque ela já tinha esse hábito. “Achou ótimo o decreto”, disse. Usando a máscara a gente se protege e cuida do outro”.

Outro motorista que também concorda com o decreto é Maike Anderson Sandin. Ele acha “complicado” usar a máscara estando sozinho. “Mas acompanhando acho válido, sim, porque você vai estar conversando com outras pessoas”, disse. Ele sempre também já estava habituado a carregar o equipamento e comenta que no estado vizinho, Mato Grosso, a obrigatoriedade já vale há um bom tempo.

Jonas Alves dos Santos estava sem o EPI quando conversou com a reportagem do Campo Grande News e justificou. “Não costumo usar dirigindo porque embaça os óculos, mas carrego comigo e assim que saio do carro já coloco. Agora que é obrigatório vou ter que acostumar”, declarou.

Daiane Andrade pensou se tratar de uma “fake news” a obrigatoriedade do uso das máscaras dentro dos veículos, mas não é.  A única informação errônea compartilhada em correntes de WhatsApp é que se trata de infração de trânsito.

“Se a pessoa estiver sozinha eu acho exagero,  mas quem tiver acompanhando acho que tem que usar mesmo. Não sabemos se a pessoa que nos acompanha está infectada ou não”, disse Daiane.

Daiane está sem máscara porque está sozinha no veículo (Foto: Kisie Ainoã)
O decreto – Publicado na tarde de ontem (18), o decreto que obrigava o uso de máscaras em espaços fechados de Campo Grande, públicos e privados, já foi alterado. A proteção facial passou a ser exigida também em locais abertos, inclusive ao ar livre, como ruas, avenidas e praças, bem como nos veículos.

O EPI não precisa ser usado nas academias ou demais espaços fechados de atividades esportivas, bem como por pessoas com deficiência intelectual ou transtornos psicossociais que não consigam utilizar as máscaras, e por crianças menores de 4 anos.

A medida que obriga o uso do EPI tenta coibir o avanço do novo coronavírus na Capital, que, hoje, já soma 975 casos confirmados.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Facebook