SITUAÇÃO CRÍTICA: Dourados recebe reforços para abrir leitos de UTI para covid-19

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Cidade ultrapassou Campo Grande no número de mortes

Cidade que acaba de chegar a nove mortes pelo novo coronavírus, ultrapassando a marca de Campo Grande, Dourados vai receber reforços de emergência para abrir novos leitos de UTI (Unidade de Tratamento Intensivo).

Segundo o secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, o governo vai entregar cinco monitores e cinco ventiladores pulmonares para completar 10 leitos de UTI que o município tinha habilitado junto ao Ministério da Saúde, no Hospital da Vida.

Além disso, o Hospital Evangélico vai receber dois ventiladores pulmonares. De acordo com a SES, a unidade habilitou 10 leitos de UTI, mas conseguiu equipar apenas oito.

A UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados), que administra o Hospital Universitário, também foi acionada para ajudar no combate à covid-19 e deve receber equipamentos para mais 10 leitos. O objetivo é criar uma ala de atendimento especial para os indígenas.

Resende ainda anunciou parceria com Unimed Dourados para fazer testes nos drive-thrus da cidade também nos finais de semana.

Para efeitos de comparação, o secretário destacou que 64 pessoas estão hospitalizadas em Dourados, enquanto a Capital mantém 47 internados.

Dados

Mato Grosso do Sul registra 4.666 casos confirmados da doença. Destes, 2.218 estão em isolamento domiciliar, 2.290 estão sem sintomas e 123 estão internados, sendo 81 em hospitais públicos e 42 em hospitais privados.

Quatro pacientes internados são procedentes de fora do Estado e um paciente internado é de outro país. Até o último fechamento, eram 40 mortes, no entanto, mais um registro ocorreu depois, em Dourados.

Conforme a SES, desde o dia 25 de janeiro, foram registradas 28.325 notificações de casos suspeitos do coronavírus em Mato Grosso do Sul.

Destes, 20.865 foram descartados após os exames darem negativo para covid-19, 21 foram excluídos por não se encaixarem na definição de caso suspeito do Ministério da Saúde, 1.429 testes estão em exame laboratorial e 1.365 casos não foram encerrados pelos municípios.

Fonte: Topmidias

Foto:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Recentes no Site

Prefeitura de Campo Grande