Saúde já realizou 98 transplantes de órgãos este ano em MS

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Quase cem pessoas sul-mato-grossenses tiveram uma nova oportunidade de vida com transplantes de órgãos. A informação é da Secretaria de Estado de Saúde e revela a manutenção das atividades do Governo do Estado, mesmo com o avanço da pandemia.

Dos 98 transplantes, 03 foram do coração, 79 de córnea e 16 de rim. O número de dadores de órgãos e tecidos em Mato Grosso do Sul, este ano, foram superiores aos do ano passado, sendo 69 órgãos captados, 27 doadores de órgãos e 94 de córneas.

Apesar do avanço, centenas de pessoas aguarda na fila de espera no Estado, sendo 04 pessoas a espera de um coração, 165 de córnea e 158 de rim. “Esse trabalho nos motiva a avançarmos na captação de órgãos. Nossas equipes estão preparadas para atender não só pacientes do Estado, mas também de todo o Brasil. Queremos avançar para, no futuro, também termos transplante de fígado aqui, que exige mais complexidade e estrutura”, destaca o titular da pasta, Geraldo Resende.

Na avaliação da coordenadora da Central Estadual de Transplantes de MS, Claire Miozzo, um dos principais elos dessa corrente de solidariedade é a família do doador, que escolhe fazer a doação em um momento de dor e perda. “Uma vez um fígado retirado aqui em Mato Grosso do Sul foi para o Acre. Os militares passaram uma noite toda viajando para salvar uma vida”, referindo-se ao apoio da Casa Militar para viabilizar as cirurgias e transporte de órgãos.

Ana Brito e Bruno Chaves, Subcom 

Foto:  Edemir Rodrigues 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Recentes no Site

Prefeitura de Campo Grande