Após corpo ser encontrado em usina, Polícia Civil registra morte de irmão de vereador

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Caso é tratado como morte a esclarecer

No início da tarde desta quarta-feira (18), foi elaborado boletim de ocorrência pela morte de Luiz Chagas Lima, de 44 anos. Ele trabalhava na Usina Biosev – Passa Tempo em Rio Brilhante, a 153 quilômetros de Campo Grande, quando ocorreu a explosão de um tanque de álcool.

Conforme o registro, a explosão seguida de incêndio ocorreu por volta das 6 horas de terça-feira (17) e, desde então, o funcionário estava desaparecido. Equipes do Corpo de Bombeiros de Maracaju foram acionadas para a ocorrência e por volta das 12h30 o fogo foi contido, porém seria necessário aproximadamente mais 2 horas até que o tanque de combustível resfriasse.

Após a liberação para buscas, funcionários da usina utilizaram guindastes para retirarem a tampa do tanque de combustível, que foi arremessada com a explosão. Neste momento, policiais civis e os bombeiros militares começaram as buscas na parte externa. Assim, localizaram o capacete de Luiz com o nome na etiqueta a 26 metros do tanque que explodiu.

Depois, também foi encontrada a trena que Luiz utilizava, a 10 metros do local da explosão. Já por volta das 22 horas foram encerradas as buscas na área externa do tanque. Na manhã desta quarta-feira, por volta das 6 hora foi iniciado o esvaziamento do tanque e por volta das 10 horas as equipes puderam começar as buscas no interior do tanque.

Assim, foi encontrado o corpo de Luiz, segundo a polícia com queimaduras superficiais. A vítima foi retirada do local pela equipe funerária e encaminhada ao Imol (Instituto Médico e Odontológico Legal) de Dourados para o exame necroscópico.

Confira a nota da usina

Com pesar, a Biosev lamenta informar que as equipes de busca localizaram o corpo do colaborador que estava desaparecido desde o registro do incêndio que acometeu ontem (17) um dos tanques de etanol da Unidade Passa Tempo (MS). A prioridade da empresa neste momento é providenciar todo o suporte e apoio à família do colaborador. A Companhia reitera ainda que não medirá esforços para apoiar as autoridades competentes na investigação e nos esclarecimentos dos fatos.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Recentes no Site

Prefeitura de Campo Grande