‘Por um dedo’: Delei Pinheiro diz que ‘só falta colher biometria’ para conseguir vaga na Câmara

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Ele diz que pode concorrer nas eleições graças a decisão do ministro Edson Fachin

Delei Pinheiro, do PSD, anunciou, na tarde desta quarta-feira (18), que teve orientação do Tribunal Regional Eleitoral de MS para colher biometria e assim regularizar sua situação cadastral para conseguir uma vaga na Câmara Municipal. 

Conforme o candidato, que teve 3.850 votos na eleição, o nome dele constava sub júdice nas urnas, em razão de ter sido cassado e ficado inelegível por oito anos. Ele explicou que, como a eleição foi adiada para novembro, teve condições de concorrer pois o prazo de punição já havia expirado. 

‘’Não poderia concorrer [se fosse em outubro] por causa de três dias, mas em novembro eu pude. O Tribunal decidiu que eu poderia concorrer sub judice’’, detalhou o político. 

Ainda segundo Delei, decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal, Edson Fachin, garantiu a possibilidade dele concorrer nessa eleição. Ele destacou também que não haverá tempo de recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral. 

‘’Agora vou ao TRE, que só abre [ ao público] no dia 9 de dezembro coletar minha biometria que eu não tinha feito e assim regularizar minha situação cadastral. O que falta é só o cadastro, não tem nada a ver com condenação’’, complementou o candidato. 

Delei é do PSD e não sabe qual vereador eleito deve perder a vaga. 

‘’A conta é muito complicada, muito difícil de fazer’’, destacou. 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Recentes no Site

Prefeitura de Campo Grande