Justiça mantém preso rapaz que dirigia carro que capotou e matou estudante de biomedicina

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Ele, que namorava a vítima, teve ferimentos leves e foi autuado por embriaguez.

A Justiça de Mato Grosso do Sul manteve preso o rapaz de 24 anos que dirigia o carro que capotou e matou a estudante de biomedicina Bárbara Wsttany Amorim Moreira, de 21 anos, na noite de sábado (11), em Campo Grande.


A decisão da conversão em prisão preventiva é de segunda-feira (13), do juiz Albino Coimbra Neto, que ainda deu prazo de dois dias para que seja anexado ao processo a comprovação de que o jovem estava embriagado, crime pelo qual foi autuado em flagrante.

O rapaz era namorada de Bárbara, que foi arremessada do carro e morreu no local com esmagamento do crânio. Ele teve ferimentos leves e foi socorrido para atendimento médico sob escolta policial.


De acordo com informações do boletim de ocorrência, além de estar embriagado, o namorado de Bárbara dirigia em alta velocidade e perdeu o controle da direção do carro ao passar por um desnível.


Imagens de câmeras de segurança obtidas pela polícia mostram que, já descontrolado, o carro vira à esquerda, bate em um imóvel na esquina, volta para a calçada da rua em que trafegava e capota várias vezes até parar perto de uma árvore e com as rodas para baixo.


Por G1 MS e TV Morena

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Recentes no Site

Prefeitura de Campo Grande