Após complicações no pós-parto, MS perde a jornalista Jucyllene Castilho

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Jornalista e bacharel em direito Jucyllene da Silva Castilho,35 anos, morreu na tarde desta terça-feira (02) em Campo Grande., após complicações pós-parto. Ela estava internada no Hospital Unimed para tratamento de trombose desde o último domingo (28).

Jucyllene faleceu depois de complicações pós-parto. No dia 13 de fevereiro o bebê não resistiu e morreu.Jucyllene teve passagem pelo Capital News em 2013 e atualmente estava na assessoria de imprensa do deputado estadual Capitão Contar (PSL). O Capital News presta condolências à família de Jucyllene.

Em nota o Sindicato dos Jornalistas de Mato Grosso do Sul (Sindjor-MS), emitiu uma nota de pesar. “Ela estava internada no Hospital Unimed desde domingo, para tratamento de trombose. A causa do falecimento teria sido em decorrência de uma parada cardíaca ocorrida na noite de ontem (1)”, diz a nota .

Por meio das redes sociais o deputado estadual Capitão Contar (PSL) também prestou homenagem a sua assessora: “Excepcional jornalista da minha equipe, que muito contribuiu na construção e divulgação do nosso trabalho. Grande companheira de campanha, que sempre encarou todos os desafios com muita coragem, determinação e dedicação incansável. Nossa equipe lamenta profundamente essa perda irreparável, por complicações pós-parto”, diz a publicação.

Confira a nota na íntegra do Sindjor:


NOTA DE PESAR

É com imenso pesar que o Sindjor-MS comunica a
falecimento da jornalista Jucyllene da Silva Castilho na tarde desta terça-feira (2), aos 35 anos.

Ela estava internada no Hospital Unimed desde domingo,
para tratamento de trombose. A causa do falecimento teria
sido em decorrência de uma parada cardíaca ocorrida na
noite de ontem (1).

Jucyllene trabalhava na assessoria de imprensa do deputado estadual Capitão Contar (PSL). Era casada com a também jornalista, Bruno Arce.

Neste momento de dor, o Sindjor-MS se solídariza com os
familiares e amigos e expressa as mais sinceras condolências pela perda.

Fonte: Capital News

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Recentes no Site

Prefeitura de Campo Grande