Brasil avança em ranking mundial de competitividade da infraestrutura

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Pesquisa de opinião divulgada nesta quarta-feira (18), durante o 2º Seminário de Competitividade do Setor de Infraestrutura, destaca os avanços do setor no paísCompartilhe:   Publicado em 18/11/2020 16h01 Atualizado em 18/11/2020 17h16

O Brasil vem melhorando sua posição no ranking de competitividade do Fórum Econômico Mundial. Em pesquisa de opinião sobre a infraestrutura de transporte, conduzida pela Fundação Dom Cabral, empresários brasileiros apontaram melhoras nos quatro indicadores utilizados. A eficiência dos serviços aeroviários teve um salto de 18 posições (de 85 para 67), seguida da eficiência dos serviços portuários, que ganhou 13 posições (104 para 91). A qualidade das rodovias brasileiras melhorou oito posições (116 para 108), enquanto a eficiência das ferrovias melhorou uma posição (86 para 85).

Os dados foram apresentados no 2º Seminário de Competitividade do Setor de Infraestrutura, evento realizado pelo Ministério da Infraestrutura e pela Fundação Dom Cabral, em uma edição totalmente on-line (com transmissão no canal do Minfra no Youtube).

Para o secretário-Executivo do MInfra, Marcelo Sampaio, mudar a face da infraestrutura do Brasil é o objetivo do governo do presidente Jair Bolsonaro. “Estamos trabalhando para melhorar os índices de produtividade e reduzir os custos logísticos, por meio da oferta de infraestrutura de transportes integrada, moderna, segura e eficiente. Sabemos que para atrair investimentos precisamos atuar de forma mais proativa no sentido melhorar a competitividade nacional”, enfatizou Sampaio.

Segundo o professor Carlos Arruda, diretor do Centro de Inovação e Empreendedorismo da Fundação Dom Cabral e responsável pelas análises, “o debate sobre infraestrutura é fundamental para que o país avance em pautas relevantes para a economia e para a sociedade como um todo”, destacou Carlos Arruda.

PESQUISA DE OPINIÃO
Para medir o alcance da visão de futuro do MInfra foi escolhido o Índice de Competitividade Global – Subíndice de Infraestrutura de Transportes, calculado pelo Fórum Econômico Mundial.

O subíndice possui oito indicadores, agrupados por cada um dos quatro modos de transportes, sendo sempre um indicador objetivo e outro baseado na pesquisa de opinião feito pela Fundação Dom Cabral. Foram analisadas: qualidade das estradas, eficiência dos serviços das ferrovias, eficiência dos serviços de transporte aéreo e eficiência dos serviços portuários. O Relatório Final do Fórum Econômico Mundial será divulgado no dia 16 de dezembro.

Assessoria Especial de Comunicação
Ministério da Infraestrutura

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Never miss any important news. Subscribe to our newsletter.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Recentes no Site

Prefeitura de Campo Grande