Câmara aprova LDO que prevê R$ 4,3 bilhões em Campo Grande no próximo ano

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

O relatório foi lido durante a sessão desta terça-feira

Os vereadores de Campo Grande aprovaram a LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) de 2021, que prevê R$ 4.333.259.490,79, 0,70% de crescimento em relação a este ano. O relatório foi lido durante a sessão desta terça-feira (30) pelo vereador Eduardo Romero (Rede), quem fez o parecer da peça orçamentária.

Na quinta-feira (2), a LDO passa pela segunda votação e, a partir disso, segue para sanção do prefeito Marquinhos Trad (PSD). O relatório elaborado pelo vereador Eduardo Romero (Rede) foi entregue para análise dos demais parlamentares em 9 de junho deste ano.

À Câmara Municipal, está previsto repasse de 4,5% da receita municipal, destinado ao pagamento das despesas, salários de servidores e vereadores, além dos encargos. Ao texto original, foram acrescentadas 61 emendas – que são sugestões de investimento do recurso.

Sobre renúncia de receita, que ocorre na aplicação de isenções fiscais, a Prefeitura de Campo Grande aponta descontos no IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano), benefícios do Prodes (Programa de Incentivos para Desenvolvimento Econômico e Social de Campo Grande), projeto destinado a empresas, e a isenção do ISS (Imposto sobre Serviços) para o Consórcio Guaicurus.

Fonte: midiamax

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Recentes no Site

Prefeitura de Campo Grande