Campo Grande terá toque de recolher às 22h e novo decreto da ‘Lei Seca’ é descartado

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

A decisão foi tomada em conjunto entre a Prefeitura Municipal, CDL e MPE

Após cinco dias da ‘Lei Seca’ em Campo Grande, com a proibição de consumo de bebida alcoólica em ruas e estabelecimentos, a taxa de ocupação geral dos leitos hospitalares em Campo Grande apresentou queda e nesta segunda-feira (17), foi definido que a medida não será prorrogada e toque de recolher será flexibilizado em uma hora.

A decisão aconteceu após reunião entre a Prefeitura Municipal, MPE (Ministério Público do Estado) e CDL (Câmara dos Dirigentes Lojistas). Conforme informações do presidente da CDL, Adelaido Vila, a reunião durou cerca de três horas e após conversa entre os representantes, foi definido que a restrição de venda de bebida alcoólica nos estabelecimentos não será prorrogada.

“Foi uma decisão muito positiva. Vamos ter a flexibilização do toque de recolher às 22h e as empresas, como bares e restaurantes, poderão voltar a vender bebidas. Tivemos esse resultado graças ao aumento de leitos garantidos pela prefeitura e pela redução no número de internados”, disse Vila.

Um dos objetivos da Lei Seca era reduzir o índice de ocupação dos leitos hospitalares e segundo a Sesau, a taxa de 80% já representa uma redução tanto de pacientes com Covid-19 quanto de internações por acidentes.

Lei Seca

De quarta-feira (12) a domingo (16) ficou proibido consumir bebida alcoólica em estabelecimentos ou ruas de Campo Grande, conforme o decreto 14.413. A intenção da prefeitura era evitar que as pessoas saíssem para beber e, evitar assim, acidentes de trânsito, que correspondem a maior parte das internações em  hospitais.

A fiscalização que envolveu equipes da Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano), GCM (Guarda Civil Municipal) e Vigilância Sanitária fiscalizaram pelo menos 300 estabelecimentos nesse período.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Recentes no Site

Prefeitura de Campo Grande