Criança dada como morta “ressuscita” durante limpeza do corpo

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Médicos explicaram que o ocorrido se trata de um caso de síndrome de Lazarus

Um acontecimento, desconhecidos por muitos, fez uma família ficar em choque ao ver uma criança, de 12 anos, “ressuscitar” minutos antes de seu funeral. O caso, chamado de síndrome de Lazarus, ocorreu na Indonésia.

Conforme publicado no jornal português Notícias ao Minuto, o caso começou no dia 18 de agosto, quando Siti Masfufah, que sofria de diabetes crónica, foi internada em um hospital em Probolinggo.

Após ser internada, os órgãos de Siti falharam e os médicos declararam seu óbito às 18 horas daquele mesmo dia. Após a morte, os familiares levaram o corpo da criança para casa, com o objetivo de limpá-lo e iniciar os procedimentos fúnebres.

Para a surpresa de todos, foi neste momento que a criança “ressuscitou” deixando todos em choque. “Quando lhe estávamos a dar banho, a sua temperatura corporal aqueceu subitamente e os seus olhos reabriram. Vimos que o seu coração estava a bater novamente e o seu corpo estava a mexer-se”, disse o país da criança, segundo o jornal.

Imediatamente a família solicitou que médicos fossem até o local, chegando lá os profissionais colocaram uma máscara de oxigênio na criança, mas a tentativa foi em vão e Siti foi declarada morta mais uma vez.

De acordo com explicações médicas, o ocorrido se trata da síndrome de Lazarus – ou ROSC (Retorno da Circulação Espontânea) – que pode ocorrer em pacientes que morreram de insuficiência cardíaca.

Após o ocorrido, Siti Masfufah foi enterrada no cemitério de Lambangkuning Village.

Fonte: Mídiamax

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Never miss any important news. Subscribe to our newsletter.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Recentes no Site

Prefeitura de Campo Grande