Dos 38 óbitos por Covid registrados nesta terça, 23 são de pessoas sem comorbidades

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Novas variantes do vírus podem ser responsáveis por letalidade em pessoas jovens e sem comorbidades

Boletim Epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde (SES) desta terça-feira (22) aponta que dos 38 óbitos por Covid-19, 23 são de pessoas que não possuíam nenhuma doença pré-existente. 

Por volta de 60% das mortes registradas hoje foram de pessoas sem comorbidades. 

Das 23 mortes de sul-mato-grossenses sem doenças pré-existentes, 13 foram registradas em pessoas abaixo dos 60 anos.

A secretária adjunta de Saúde, Crhistinne Maymone, alerta que o vírus tem acometido pessoas jovens e saudáveis e não apenas idosos e pessoas com comorbidades.

De acordo com Maymone, as novas cepas e linhagens do vírus são 2,4 vezes mais contagiantes do que o vírus da Covid-19 original. 

“O país está com quatro variantes em circulação. Existem pessoas jovens e saudáveis morrendo. É um momento extremamente difícil para nós autoridades sanitárias”, pontuou a secretária.

Existem 13 linhagens do SARS-CoV-2 em Mato Grosso do Sul, confira aqui cada uma delas. 

De acordo com dados do boletim da SES, do perfil geral de óbitos registrados no Estado:
  • 55,2% são do sexo masculino
  • 44,8% do sexo feminino
  •  31,5% são de pessoas com uma comorbidade
  • 27,4% são de pessoas com duas comorbidades
  • 21,3% são de pessoas sem comorbidades
  • 14,4% são de pessoas com três comorbidades
  • 4,6% são de pessoas com quatro comorbidades
  • 0,7% são de pessoas com cinco comorbidades
  •  0,1% são de pessoas com seis comorbidades.
  • 24% são de pessoas de 60 a 69 anos
  • 22,6% são de pessoas de 70 a 79 anos
  • 18,8% são de pessoas de 50 a 59 anos
  • 10,8% são de pessoas de 40 a 49 anos
  • 4,9% são de pessoas de 30 a 39 anos
  • 1,2% são de pessoas de 20 a 29 anos
  • 0,1% de crianças de 1 a 9 anos
  • Menos de 0,1% são de pessoas de 10 a 19 anos
  • Menos de 0,1% são de pessoas com menos de 1 ano

Comorbidades são doenças pré-existentes que favorecem o agravamento do quadro clínico de pessoas infectadas com o vírus da Covid-19. Algumas das comorbidades mais comuns são:

  • Doença cardiovascular crônica (42,7%)
  • Diabetes (32,6%)
  • Hipertensão (29,2%)
  • Obesidade (17%) 
  • Doença respiratória crônica (10,3%) 

Fonte: https://correiodoestado.com.br/

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Recentes no Site

Prefeitura de Campo Grande