Conecte-se conosco
PUBLICIDADE

Geral GritoMS

Ex-secretária municipal da Mulher na Capital, jornalista morre de covid-19

Publicado

em

Jornalista por formação, artesã, empreendedora e feminista, Leyde sempre tomou as medidas de prevenção e era ativa nas redes sociais para alertar a população a gravidade da doença. Ela chegou a mobilizar amigos e familiares em campanhas por doação de sangue no Hemosul.

O PDT, partido pelo qual ela pretendia concorrer ao cargo de vereadora de Campo Grande nas eleições deste ano, também lamentou o falecimento. “É com pesar que o PDT de Mato Grosso do Sul comunica que nossa companheira de luta e história, Leyde Pedroso, acaba de nos deixar. Ela lutou o bom combate, fez de sua vida uma militância aguerrida pelos direitos das mulheres e da classe trabalhadora, mas infelizmente a Covid-19 e as complicações que vieram com ela levaram nossa amiga da vida terrena, mas não levarão ela, jamais da nossa história e pelo seu legado continuaremos na luta!”, comunicou a sigla.

Leyde morreu três dias após apresentar sensível melhora, conforme comunicado postado na rede social na quarta-feira. “No dia em nossa Campo Grande comemora 121 anos, o presente foi de todos nós, graças a corrente de oração de todos e todas, nossa amiga teve uma melhora considerável e já saiu da UITI. Ela está na enfermaria e em observação”, postou.

Atuante na política, a jornalista foi secretária municipal da Mulher na gestão de Alcides Bernal (Progressistas). Em 2016, ela tentou ser candidata a deputada federal, mas teve a candidatura barrada pelo Tribunal Regional Eleitoral.

De acordo com o boletim divulgado neste sábado pela Secretaria Municipal de Saúde, mais sete mortes foram confirmadas nas últimas 24 horas. No total, 344 pessoas perderam a vida para a covid-19 na Capital.

Fonte: Ojacaré

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Facebook