Município obriga uso de pulseiras para identificar quem tem covid-19

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Pacientes suspeitos deverão usar pulseiras amarelas, enquanto os confirmados utilizarão vermelhas

De acordo com o decreto, o protocolo começa com pacientes que apresentarem sintomas gripais atendidos no “Centro de Atendimento Especializado ao COVID-19”, que é um anexo ao Hospital Municipal Nossa Senhora Aparecida, na Rua Francisco Vieira, Jardim Nova Água Clara.

Após o exame, os que apresentarem “suspeita de contaminação” com o novo coronavírus, serão identificados por uma pulseira amarela. Já as pessoas que obtiverem resultado positivo para o teste, serão diferenciadas a partir de uma pulseira vermelha.

Para entender os detalhes do decreto, o Campo Grande News tentou contato por telefone a Sesaup (Secretaria Municipal de Saúde Pública), mas o secretário, Rondiney Ribeiro da Silva, não atendeu a ligação.

Apesar disso, a assessoria do prefeito Edvaldo Alves de Queiroz (PDT), informou que, depois de conversas e da polêmica instalada na cidade, o decreto foi revisto e deve ser revogado ainda hoje.

“[A Saúde] decidiu inicialmente que haveria isso porque um confirmado daqui da cidade foi na casa do vizinho, tomou café e não falou nada. Aí tiveram essa ideia, mas que vai ser revogada hoje, já que não vai haver muita garantia, não tem nenhum dispositivo para mapear, a pulseira é muito frágil”.

Também foi afirmado que os pacientes positivados continuarão assinando termo, e sendo mapeados pela vigilância como forma de controlar quem está com a doença.

Precaução – Com objetivo de evitar o contágio e propagação do coronavírus, o mesmo decreto também especifica toque de recolher das 20h às 5h, uso obrigatório de máscara e proibição de eventos e aglomerações.

Segundo boletim da SES (Secretaria Estadual de Saúde), Água Clara possui 23 casos confirmados de covid-19, sendo que apenas 7 já foram curados. Apesar disso, a assessoria do prefeito fala em 14 pessoas curadas da doença, o que pode ser justificado pelo atraso no repasse de informações.

O município possui 15.522 habitantes, segundo estimativa do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Fonte: CAMPO GRANDE NEWS

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Recentes no Site

Prefeitura de Campo Grande