Conecte-se conosco
PUBLICIDADE

Geral GritoMS

Papy é flagrado em reunião com comes e bebes e explica: encontro da igreja

Publicado

em

O vereador Papy, do Solidariedade, foi acusado por um internauta de cometer crime eleitoral ao supostamente participar de reunião eleitoral com comes e bebes. O parlamentar desmentiu a situação e esclareceu sobre a reunião.

Na foto enviada ao jornal, o internauta, que pediu para não ser identificado, diz que Papy fez reunião de campanha e cometeu graves infrações, já que o Tribunal Superior Eleitoral proíbe a distribuição de bebidas e alimentos.  

Questionado, o vereador citou que está em pré-campanha e negou que exista crime eleitoral, haja vista que estava em jantar com integrantes da igreja que é membro.

“Estamos em pré-campanha e não há o que falar em crime eleitoral. Participei de uma comunhão dentro da atividade do próprio mandato. Depois do dia 27, quando iniciar o processo eleitoral, aí valerão as regras da eleição. Não era uma reunião eleitoral! Participei de uma comunhão e jantar com um pessoal da nossa igreja e, durante o mandato, fiz várias dessas”, explicou Papy.

O candidato a reeleição para vereador reforçou que regras eleitorais mais ferrenhas vão vigorar a partir do registro das candidaturas, até dia 26 de setembro, e campanha eleitoral que inicia em 27 de setembro.

Vereador foi acusado de ter promovido reunião eleitoral irregular

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Facebook