Conecte-se conosco
PUBLICIDADE

Geral GritoMS

Planalto ameaça retaliar Soraya por voto contra Bolsonaro

Publicado

em

Aliada do presidente, senadora sul-mato-grossense foi contrário ao veto do presidente

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) deve retaliar senadores aliados que votaram a favor do veto ao projeto que prevê reajuste a servidores federais. A informação é do jornal o Globo.

Entre os parlamentares está Soraya Thronicke (PSL-MS). A puniçao prevê perda de indicações a cargos e liberação de emendas. A senadora foi procurada pelo Campo Grande News para justificar sua posição, mas não enviou resposta.

A votação ocorreu na noite de quarta-feira, um dia depois de Soraya se encontrar com Bolsonaro em Mato Grosso do Sul. Durante evento em Corumbá, ela permaneceu todo o tempo ao lado do presidente, inclusive, posando para fotos com fãs de Bolsonaro.

Passadas 24 horas, a senadora foi contra o governo na votação do veto, considerado fundamental para o equilíbrio das finanças nacionais. Com a ajuda da senadora, o governo foi derrotado por 42 a 30. Agora, a questão será analisada pelos deputados federais.

Ao aprovar o pacote de “ajuda” financeira aos estados, o Congresso fez  acordo com a União para o congelamento do reajuste dos servidores federais, estaduais e municipais, no entanto, autorizou este aumento aos funcionários de saúde, segurança. Este artigo foi vetado por Bolsonaro.

Fonte: Campo Grande News

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Facebook