Conecte-se conosco
PUBLICIDADE

Geral GritoMS

Super salário é a “cruz” para Harfouche na campanha

Publicado

em

Os valores recebidos pelo candidato  Sérgio Harfouche (Avante)  como procurador, ganharam as redes sociais, e a condição de “privilegiado” será seu primeiro problema na disputa pela prefeitura de Campo Grande. 

O alto salário que o procurador recebe como membro do Ministério Público de Mato Grosso do Sul, já é a “cruz” que ele, como candidato, a prefeito terá que carregar.

Não por que ele tenha feito algo errado, seu salario é legal, mas por que fica claro e exteriorizado ao eleitor que muitas vezes sobrevive com dificuldades, que Harfouche é membro de um grupo de privilegiados, de uma casta, que seja justo ou não, está acima de qualquer das dificuldades na qual vive a maioria esmagadora dos eleitores.

Puxando os últimos cinco anos, ou seja, de 2016 até hoje, e considerando os valores brutos, em apenas cinco meses, Harfouche recebeu menos que R$ 50 mil, em agosto e outubro  de 2016, janeiro de 2017, abril de 2018 e junho de 2020. Nesses cinco anos, em vinte e cinco meses, o procurador e  candidato a prefeito, ultrapassou os R$ 60 mil de recebimentos. Ou seja, receber dentro do  teto foi uma exceção. Para não ser injusto, o JD1 desconsiderou os meses de dezembro por serem meses de décimo terceiro, e muitas vezes de adicional de férias.

2016

Janeiro – R$ 76 mil

Fevereiro – R$ 56 mil

Março – R$ 56 mil

Abril – R$ 53 mil

Maio – R$ 71 mil

Junho R$ 51 mil

Julho – R$ 50 mil

Agosto – R$ 48 mil

Setembro – R$ 50 mil

Outubro – R$ 48 mil

Novembro – R$ 75 mil

Dezembro – R$ 130 mil

2017

Janeiro – R$ 49 mil

Fevereiro – R$ 53 mil

Março – R$ 52 mil

Abril – R$ 52 mil

Maio – R$ 52 mil

Junho – R$ 52 mil

Julho – R$ 54 mil

Agosto – R$ 65 mil

Setembro – R$ 102 mil

Outubro – R$ 65 mil

novembro- R$ 65 mil

Dezembro R$ 135 mil

2018

Janeiro – R$ 76 mil

Fevereiro – R$ 70 mil

Março – R$ 76 mil

Abril – R$ 30 mil

Maio – R$ 78 mil

Junho – R$ 68 mil

Julho – R$ 70 mil

Agosto – R$ 68 mil

Setembro – R$ 68 mil

Outubro – R$ 68 mil

Novembro- R$ 68 mil

Dezembro- R$ 106 mil

2019

Janeiro – R$ 99 mil

Fevereiro- R$ 79 mil

Março – R$ 59 mil

Abril – R$ 61 mil

Maio – R$ 61 mil

Junho – R$ 65 mil

Julho – R$ 104 mil

Agosto – Não consta

Setembro – R$ 61 mil

Outubro- R$ 61 mil

Novembro – R$ 61 mil

Dezembro- R$ 132 mil

2020

Janeiro – R$ 61 mil

Fevereiro- R$ 59 mil

Março – R$ 61 mil

Abril – R$ 61 mil

Maio – R$ 61 mil

Junho – R$ 49 mil

Julho – R$ 50 mil

Agosto – R$ 50 mil

Setembro – Não consta

Fonte – JD1

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Facebook