Modelo nacional, sistema desenvolvido em Campo Grande para auxiliar Casa da Mulher Brasileira será padrão no País

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Destaque e modelo nacional, o “Sistema Íris” desenvolvido pela Agência Municipal de Tecnologia da Informação e Inovação (Agetec), e implementado pela primeira vez na Casa da Mulher Brasileira em Campo Grande, começou a ser padronizado nesta semana em Brasília (DF).

Pioneiro no país, o sistema já está em fase de testes para ser implementado em multicanais, ou seja, em todas as CMB do Brasil, através do acordo firmado com Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH) do Governo Federal. Nessa quarta-feira (23), foi realizado um dos treinamentos de padronização para Secretaria Nacional de Políticas Públicas para as Mulheres.

De acordo com a Agetec, as capacitações estão sendo realizadas para que todos aqueles que irão receber e utilizar o Sistema Íris tenham total controle dos inúmeros benefícios proporcionados. O treinamento ontem foi mais uma etapa rumo a implementação do sistema em outras localidades.

Projetado para armazenar e gerenciar todo o atendimento prestado à mulher, a ferramenta auxilia, com base nas informações obtidas, a tomada de decisões mais assertivas acerca de cada caso. O que antes era feito de forma manual, hoje é um dos pilares de atendimento na Casa da Mulher Brasileira de Campo Grande.

Para a coordenadora geral da Casa da Mulher Brasileira,Tai Loschi, o sistema produz dados para pesquisa e dá informações importantíssimas para proteção da mulher. Ela destaca que a ferramenta torna possível todos os setores acompanharem os passos da mulher desde a recepção dela na casa. Dessa forma, segundo a representante da CMB, quando a mulher for encaminhada para outro setor, não precisará reviver o drama, já que quem está atendendo já tem acesso as informações dadas pelo sistem”.

“É um modelo realmente inovador, é uma ferramenta de trabalho ímpar para toda a equipe da Casa da Mulher Brasileira, facilita muito e mostra transparência. É um marco referencial para nossa cidade e Estado, é muito importante. Dessa forma a gente avança como um todo, não só como casa, mas também como cidade”, afirma Tai.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Never miss any important news. Subscribe to our newsletter.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Recentes no Site

Prefeitura de Campo Grande