Presidente Carlão reafirma contribuição da Câmara na luta contra a Covid-19 com aprovação de Campo Grande em consórcio para compra de vacinas

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Os vereadores da Câmara Municipal de Campo Grande aprovaram, durante a sessão ordinária desta terça-feira (09), o projeto de lei 9.975/21, de autoria do Poder Executivo, que ratifica protocolo de intenções firmado entre municípios com a finalidade de adquirir vacinas para combate à pandemia do coronavírus. Na prática, a proposta garante a participação de Campo Grande no Conectar (Consórcio Nacional de Vacinas das Cidades Brasileiras). O vereador Carlos Augusto Borges (Carlão PSB), presidente da Casa de Leis, reafirmou a contribuição dos vereadores na luta contra o vírus.

“A Câmara Municipal precisa dar uma reposta a sociedade sobre nossa união ao Executivo Municipal e Estadual contra a crise do Coronavírus. Tem muita gente sofrendo com a falta de leitos. A aprovação deste projeto para compra de vacinas é mais um paço que a Câmara está dando ao autorizar a Capital a integrar o Consórcio Nacional de Vacinas das Cidades Brasileiras. Para ajudarmos na luta contra esse vírus que está assolando o mundo. Todos precisam ser vacinados, imunizados e se município puder comprar essas vacinas mais baratas, unindo mais de 1.700 municípios em todo país, estamos fazendo nossa parte. Unidos contra a Pandemia de Covid-19, vamos vencer essa luta mais rapidamente”, disse Carlão.

O Consórcio tem finalidade de contribuir para agilizar a imunização da população e também de atender eventuais demandas por medicamentos, equipamentos e insumos que sejam necessários aos serviços públicos municipais de saúde.

A proposta, analisada em turno único de discussão e votação, em regime de urgência, não impede aquisições diretas de nenhuma espécie. “Portanto, o Consórcio não interfere na autonomia dos Municípios. Pelo contrário, a reforça”, garante a Prefeitura.

“Na medida que reúne grande número de Municípios, que representam uma parcela considerável da população nacional, o Consórcio ora instituído, fortalece o poder local. Oportuniza acesso e imagem robusta nas relações internacionais, fundamentais para as negociações de vacinas, especialmente durante a pandemia”, justifica.

Janaina Gaspar
Assessoria de Imprensa do Vereador

Fonte: Câmara Municipal de Campo Grande

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Recentes no Site

Prefeitura de Campo Grande